Solução para falhas no Sistema Windows: Recupere todos os dados de um computador Windows com sistema comprometido.
recuperação de computador travado recuperação de computador travado recuperação de computador travado recuperação de dados de computador travado recuperação de vídeos de computador travado recuperação de fotos de computador travado recuperação de arquivos de computador travado

Windows
Recuperação

Restaure arquivos importantes de um computador Windows com problemas no sistema

O Recoverit assegura a restauração de arquivos de computadores que enfrentem desde a temida tela azul da morte até falhas na inicialização. Defenda seus dados inestimáveis e valorize cada segundo.
TESTE GRÁTIS
CONFERIR PREÇOS
Para Windows 11 / 10 / 8 / 7 / Vista
TESTE GRÁTIS
CONFERIR PREÇOS
macOS 10.10-13(Ventura)

Qual é o sistema operacional Windows?

ícone windows

Computadores pessoais, laptops, tablets e mais dispositivos são compatíveis com a família de sistemas operacionais Microsoft Windows. O Windows, sistema operacional de maior prevalência global, é uma criação e responsabilidade da Microsoft Corporation.


Através de sua interface gráfica do usuário (GUI), o Windows disponibiliza ferramentas de sistema e a capacidade de executar uma ampla variedade de aplicativos de software. O Windows XP, Windows 7, Windows 8 e Windows 10 estão entre as versões mais populares do sistema Windows. O Windows 11, de 2021, é a edição mais atual do sistema.

Cheque o histórico de versões do Microsoft Windows

histórico de versões do sistema windows

Fatores que podem provocar falhas no sistema Windows

Múltiplos fatores podem causar travamentos no Windows. Perceber os indícios de travamentos no Windows é um passo chave para determinar
causas potenciais e assegurar a restauração eficaz de arquivos fundamentais do sistema em questão.

problemas de driver

Problemas de driver

Quando drivers distintos colidem, isso pode resultar em falhas no sistema. Frequentemente, isso decorre da instalação de drivers que são incompatíveis ou não estão atualizados.

 arquivos corrompidos

Arquivos corrompidos

O dano ou a falta de arquivos essenciais do sistema pode provocar falhas. A origem pode estar em infecções virais, avarias no disco rígido ou supressões inadvertidas.

 falhas de hardware

Falhas de hardware

Um sistema pode travar devido a defeitos em componentes de hardware, seja na RAM, CPU ou nos discos rígidos. A deterioração natural do hardware, problemas de superaquecimento ou operação inadequada podem levar a esses problemas.

problemas de software

Problemas de software

O sistema pode enfrentar falhas devido a choques entre múltiplos programas de software. Comumente, um programa específico pode não operar corretamente ou gerar erros de sistema enquanto está em uso.

 funcionalidades insuficientes do sistema

Funcionalidades insuficientes do sistema

O esgotamento dos recursos do sistema, como memória ou uso da CPU, pode levar a falhas do sistema. Frequentemente, isso acontece ao rodar aplicações pesadas ou ao operar diversos programas de uma vez.

ataques de vírus ou malware

Ataques de vírus ou malware

Infecções por vírus ou malware têm o potencial de prejudicar arquivos do sistema, modificar as configurações e sobrecarregar os recursos, conduzindo a falhas. É essencial tomar medidas corretas para prevenir a perda de informações e retomar a operação normal.

 problemas de atualização do sistema

Problemas de atualização do sistema

Em algumas situações, atualizar o sistema Windows pode resultar em novos problemas, causando falhas. Tal situação pode advir de deficiências no próprio pacote de atualização ou de contratempos que ocorrem enquanto a atualização está em andamento.

erros do sistema operacional

Erros do sistema operacional

Em ocorrências menos frequentes, falhas no próprio Windows podem ser as culpadas pelos travamentos. Em tais situações, a solução comum para os usuários é aguardar um patch de correção da Microsoft.

Top 8 sintomas e soluções de travamento do sistema Windows

Abordaremos os 8 sintomas predominantes de falhas no sistema Windows, como as reinicializações sem aviso e a tela
azul, e apresentaremos medidas efetivas para preservar seus dados e intensificar a robustez do sistema.

tela azul da morte

Tela azul da morte (TADM)

No sistema Windows, um erro de tela azul se manifesta, vindo frequentemente com um código de erro e detalhes correspondentes. Costuma-se mostrar detalhes técnicos e a origem da falha como texto branco sobre um plano de fundo azul. Falhas no hardware, inconsistências de drivers ou disputas de software podem estar por trás disso.

Dependendo do que causou o problema, abordar os erros de tela azul da morte pode necessitar de diversas etapas de correção. Aqui está um roteiro básico para auxiliar na resolução disso:
1. Esteja atento ao código de erro: Ao se deparar com um BSOD, é comum visualizar um código de erro junto com uma sinopse na tela. Faça uma nota dessas informações; elas podem ser a chave para determinar a causa do problema.
2. Opte pelo modo de segurança ao iniciar: Se você continuar enfrentando esse problema, essa pode ser uma abordagem a considerar. Quando estiver reiniciando o computador, acione a tecla F8 (ou o botão adequado para sua máquina) antes do surgimento do logotipo do Windows. Na relação de alternativas, marque "Modo de segurança".
3. Faça atualizações de drivers: Muitas vezes, drivers em desuso ou defeituosos são a raiz de BSODs. Em modo de segurança, acesse o Gerenciador de dispositivos. Procure por dispositivos marcados com ícones de aviso amarelos, faça um clique direito sobre eles e escolha "Atualizar driver". Considere também a opção de acessar o portal online do produtor do hardware para obter as versões mais atuais dos drivers.
4. Inicie o Windows Update: Verifique e assegure-se de que o seu sistema operacional está em sua versão mais recente ao utilizar esta ferramenta. Essa ação pode ser benéfica para resolver eventuais falhas identificadas ou questões de compatibilidade que possam estar desencadeando isso.
5. Faça uma verificação de malware: Em certas situações, softwares maliciosos podem ser a origem do problema. Inicie uma análise profunda no seu computador com uma ferramenta antivírus de renome, assegurando-se de que seu sistema não está comprometido por softwares maliciosos.
6. Inspeção do hardware: Elementos defeituosos, como memória RAM, disco rígido ou a placa de vídeo, têm potencial para ocasionar esse problema. Confira se tem sinais de falha ou dano físico. Considere também a utilização de instrumentos de diagnóstico nativos, como o Windows Memory Diagnostic, para avaliar a integridade do seu hardware.
7. Elimine o software em questão: Se o aparecimento do BSOD foi logo após a instalação de um novo software, experimente removê-lo para determinar se o problema é corrigido.

tela preta da morte

Tela preta da morte

Um escurecimento inesperado da tela do computador, sem exibir informações, pode ser devido a complicações na exibição, na placa gráfica ou a variados defeitos de hardware. Como solução, é recomendado que os usuários inspecionem as conexões, atualizem os drivers e ponderem sobre a possibilidade de procurar ajuda profissional para um diagnóstico detalhado e correção apropriada.

1. Examine a conexão do monitor: assegure-se de que o cabo esteja devidamente conectado ao computador e ao monitor. Considere usar um cabo alternativo ou ligue o monitor a uma outra máquina para eliminar a possibilidade de falhas no cabo ou no monitor.
2. Proceda com uma reinicialização manual: No caso de laptops, desencaixe a bateria e desligue o adaptador AC. Mantenha pressionado o botão de ligar durante cerca de 30 segundos para descarregar qualquer energia remanescente. Plugue novamente o adaptador AC, coloque a bateria no lugar e inicie o laptop.
3. Ative o modo de segurança: ao ligar novamente o computador, pressione F8 (ou a tecla específica para seu sistema) antes do surgimento do logotipo do Windows. Marque a opção "Modo de segurança" dentre as alternativas listadas. Caso o modo de segurança não apresente a tela preta, o problema tende a ser de software ou de um driver específico.
4. Proceda com a atualização dos drivers de gráficos: com o sistema em modo de segurança, inicie o Gerenciador de dispositivos e abra a aba "Adaptadores de vídeo". No ícone da sua placa gráfica, use o botão direito do mouse e opte por “Atualizar driver”. É possível ainda acessar o site oficial do fabricante da placa gráfica e fazer o download dos drivers mais atualizados.
5. Execute uma reinstalação dos drivers de vídeo: Acesse o Gerenciador de Dispositivos, clique com o botão direito do mouse na placa gráfica e escolha a opção "Desinstalar dispositivo". Reinicialize a máquina, e o Windows se ocupará da reinstalação automática do driver gráfico.
6. Se você estiver usando uma placa gráfica dedicada, considere desligar os gráficos integrados no BIOS/UEFI para potencialmente solucionar a questão. Ao ligar o computador, acesse o BIOS/UEFI pressionando a tecla correspondente (frequentemente F2, F10 ou DEL) e procure pela opção de desabilitar os gráficos integrados.
7. Inicie o Windows em modo de resolução reduzida: Ao reiniciar o PC, pressione a tecla F8 (ou a específica do seu sistema) antes da exibição do logotipo do Windows. Selecione "Ativar vídeo de baixa resolução" dentre as alternativas apresentadas. Caso a origem do problema seja a resolução, essa opção lhe permitirá entrar na área de trabalho e reconfigurar as preferências de tela.

travamento do sistema windows

Travamento do sistema windows

Uma parada inesperada na resposta de um computador, onde as entradas do teclado e mouse se tornam inoperantes, pode estar ligada a recursos de sistema limitados, desacordos de software ou problemas no hardware. Para minimizar tais complicações, é recomendado que os usuários observem o consumo de recursos, mantenham seus softwares atualizados e conduzam testes de hardware, assegurando um desempenho computacional estável.

Encerre aplicações que estão travadas: utilize a combinação Ctrl + Alt + Delete para acessar o Gerenciador de Tarefas, encontre a aplicação problemática, clique com o botão direito sobre ela e opte por "Finalizar tarefa".
2. Confira o possível superaquecimento: assegure-se de que o PC tenha boa ventilação e esteja livre de acúmulos de poeira. O congelamento do sistema pode ser resultado do superaquecimento. Efetue a limpeza dos ventiladores e das saídas de ar do PC, e para laptops, reflita sobre a adoção de uma almofada refrigerante.
3. Renove drivers e programas: Ter versões antiquadas de drivers e software pode ser a razão de travamentos no sistema. Garanta que todos os drivers e programas estejam em suas versões mais recentes.
4. Ative o modo de segurança: reinicie a máquina e, antes que o logotipo do Windows seja exibido, pressione F8 (ou a tecla específica para seu sistema). Selecione "Modo de segurança" dentre as alternativas apresentadas. Se você não enfrentar o problema de congelamento ao operar no modo de segurança, isso indica um possível problema com software ou driver.
5. Realize uma varredura em busca de vírus: Malwares podem ser responsáveis pelos travamentos do sistema. Utilize um programa antivírus reputado para conduzir uma análise completa em busca de malwares.
6. Diminua a carga de inicialização: ao teclar Ctrl + Shift + Esc, você acessará o Gerenciador de Tarefas; dentro da guia "Inicialização", desative programas superfluos com um clique direito e selecionando "Desativar". Desta forma, tais aplicativos não se ativarão automaticamente na inicialização do sistema.
7. Procure por falhas no disco: inicie o File Explorer, pressione com o botão direito sobre a unidade principal (normalmente C:), opte por "Propriedades", navegue até a aba "Ferramentas" e acione "Verificar" na seção "Verificação de erros". Essa ação examinará seu disco rígido à procura de falhas que podem resultar em travamentos do sistema.
8. Garanta espaço disponível no disco rígido: é essencial ter uma margem suficiente de armazenamento não utilizado. Remova arquivos supérfluos, limpe a Lixeira e empregue a ferramenta Limpeza de disco para eliminar arquivos temporários e registros do sistema.
9. Avalie o uso da memória RAM: Teclando Ctrl + Shift + Esc, inicie o Gerenciador de Tarefas e navegue até a seção "Desempenho". Acompanhe o consumo de RAM; se perceber que está frequentemente elevado, pode ser hora de considerar uma atualização de memória ou encerrar aplicativos que utilizam muitos recursos de RAM.

reinicializações aleatórias do computador

Reinicializações aleatórias do computador

Um reinício abrupto e sem alerta prévio de um computador pode ser consequência de problemas no hardware, instabilidades elétricas ou erros sistêmicos. Para lidar com esse problema, os usuários devem conferir as conexões elétricas, executar testes de hardware e manter o software atualizado, assegurando a fluidez do sistema e prevenindo interrupções súbitas.

1. Analise possíveis casos de superaquecimento: isso pode ser a razão por trás das reinicializações inesperadas. Assegure-se de que a ventilação do seu computador esteja eficaz e que não haja poeira acumulada. Mantenha as ventilações e os ventiladores do seu computador limpos, e para laptops, pense em adotar uma base refrigerada.
2. Mantenha drivers e programas atualizados: Ter versões antiquadas de drivers e software pode ser a razão de reinicializações inesperadas. Assegure-se de manter todos os drivers e softwares em dia.
3. Atualize por meio do Windows Update: verifique se seu sistema operacional está com as versões mais atualizadas. Essa medida pode ser útil para solucionar falhas conhecidas ou conflitos de compatibilidade que resultam em reinicializações súbitas.
4. Realize uma varredura contra malware: essas ameaças, em algumas circunstâncias, podem provocar reinicializações aleatórias. Proceda com uma análise detalhada no seu computador através de um software antivírus de renome, certificando-se de que não há malwares em seu sistema.
5. Interrompa a reinicialização automática: através do botão direito do mouse, acesse "Este PC" (ou "Meu Computador") e opte por "Propriedades". Acesse "Configurações avançadas do sistema", direcione-se à guia "Avançado" e escolha "Configurações" na seção "Inicialização e recuperação". Na seção "Falha do sistema", desative a opção "Reiniciar automaticamente" e pressione "OK". Isso garante que, ao enfrentar um problema, o computador não se reinicie por si só, mostrando qualquer mensagem de erro que possa surgir.
6. Acesse o Visualizador de Eventos: tecle Windows + X e opte por "Visualizador de eventos". Examine erros críticos que poderiam apontar para o motivo das reinicializações súbitas. Isso pode ser útil na identificação do cerne do problema e na determinação de uma resolução eficaz.
7. Inspecione as ligações de hardware: Garanta que todos os componentes, tanto internos quanto externos, estejam devidamente conectados. Conexões mal ajustadas têm potencial para provocar reinicializações inesperadas.
8. Avalie a RAM: Reinicializações súbitas podem ser resultado de uma RAM comprometida. Use a ferramenta Windows Memory Diagnostic para identificar possíveis falhas. Tecle Windows + R, insira "mdsched.exe" e dê Enter. Prossiga conforme as orientações exibidas para realizar o teste.
9. Analise a fonte de energia: um defeito nesta pode resultar em reinícios inesperados. Caso possua um computador de mesa, experimente com uma fonte de energia alternativa para determinar se o problema continua. Caso esteja com um laptop, teste com um adaptador de energia alternativo ou trabalhe apenas com a bateria para verificar se a situação se mantém.
10. Faça update da BIOS/UEFI: A renovação do firmware BIOS ou UEFI do seu dispositivo pode auxiliar na correção de questões relacionadas a compatibilidade e equilíbrio, evitando reinicializações inesperadas. Acesse o portal online do produtor do seu computador ou da sua placa-mãe para orientações referentes à atualização do BIOS/UEFI.

computador windows não inicia

Computador windows não inicia

Um computador que enfrenta dificuldades ao iniciar, talvez ficando preso na tela de boot ou mostrando mensagens de falha, pode ter problemas como um sistema operacional comprometido, defeitos de hardware ou outras adversidades. Para lidar com essas questões, os usuários podem optar por correções no sistema, avaliações de hardware e aplicar diferentes estratégias de correção para restaurar o funcionamento padrão.

Inspeção de conexões de hardware: Garanta que todos os componentes de hardware, tanto internos quanto externos, estejam devidamente conectados. Conexões não firmes podem ser a raiz de complicações na inicialização, principalmente em computadores de mesa.
2. Avalie a fonte de energia: Assegure-se de que a fonte de alimentação ou adaptador está fornecendo a energia adequada ao seu computador. No caso de computadores de mesa, considere testar com uma fonte de alimentação alternativa. Para notebooks, experimente um adaptador de energia distinto ou opere usando a carga da bateria.
3. Realize um reboot forçado: Caso esteja operando em um notebook, extraia a bateria e desplugue o adaptador AC. Mantenha pressionado o botão de ligar por aproximadamente 30 segundos para eliminar qualquer carga elétrica remanescente. Insira novamente o adaptador CA, instale a bateria e ligue o notebook.
4. Aplique o Reparo de Inicialização: Caso o seu PC tenha o Windows 7 ou versões mais recentes, há a opção de utilizar a ferramenta integrada de Reparo de Inicialização para solucionar questões de boot. Ligue novamente o computador e, antes que o logotipo do Windows surja, pressione a tecla F8 (ou a adequada para o seu dispositivo). Selecione "Reparar o seu computador" dentre as alternativas disponíveis e siga os comandos apresentados na tela para realizar o Reparo de Inicialização.
5. Comece no modo de segurança: ao reiniciar o computador, acione a tecla F8 (ou a tecla adequada para o seu dispositivo) antes da exibição do logotipo do Windows. Selecione "Modo de segurança" dentre as alternativas disponíveis. Quando o computador arranca com sucesso no modo de segurança, isso pode apontar para problemas associados a softwares ou drivers.
6. Examine a configuração de boot: Ao iniciar, acesse o BIOS/UEFI do seu computador (usando a tecla correspondente, comumente F2, F10 ou DEL) e assegure-se de que o disco rígido principal esteja posicionado como o dispositivo inicial primário.
7. Proceda com a Restauração do Sistema: Se for possível dar boot em Modo de Segurança, busque realizar uma Restauração do Sistema, retornando ao estado em que estava antes dos problemas de inicialização.
8. Realize uma correção no Master Boot Record (MBR): Ligue o computador com um disco de instalação do Windows ou pendrive e continue com os próximos passos:
a. Escolha seu idioma e vá em "Avançar".
b. Clique em "Reparar o seu computador".
c. Escolha o sistema operacional e pressione o botão “Avançar”.
d. Vá em "Prompt de comando".
e. Escreva "bootrec /fixmbr" e clique Enter.
f. Escreva "bootrec /fixboot" e clique Enter.
g. Escreva "bootrec /scanos" e clique Enter.
h. Escreva "bootrec /rebuildbcd" e clique Enter.
i. Feche o prompt de comando e reinicie o computador.
9. Avalie questões relacionadas ao hardware: itens defeituosos como a RAM, o disco rígido ou a placa gráfica podem resultar em dificuldades durante a inicialização. Confira se há sinais de falha ou dano físico. Ferramentas de diagnóstico embutidas, como o Windows Memory Diagnostic, também estão à sua disposição para verificar seu hardware.

degradação do desempenho do computador

Degradação do desempenho do computador

Uma diminuição acentuada no desempenho de um PC, frequentemente evidenciada por programas que não respondem ou falhas do sistema, pode ser atribuída a uma escassez de recursos do sistema, infestação por malware ou outras preocupações subterrâneas. A correção envolve acompanhar o uso de recursos, inspecionar quanto a possíveis malwares e adotar ações de otimização para alcançar a performance desejada.

Faça uma reinicialização: Em certos momentos, apenas reiniciar o computador pode ajudar a corrigir problemas relacionados ao desempenho.
2. Renove o Windows e os drivers: confirme que seu computador conta com as últimas versões de atualizações do sistema e dos drivers de dispositivos.
3. Verifique se há malware: use o Windows Defender ou um programa antivírus de terceiros para verificar se há malware em seu computador, o que pode causar problemas de desempenho.
4. Melhore a performance do seu disco rígido: Utilize a ferramenta de Limpeza de disco já incluída no sistema para excluir arquivos inúteis e disponibilizar mais armazenamento. Além disso, a ferramenta Optimize Drives pode ser usada para desfragmentar seu disco rígido.
5. Interrompa programas de inicialização que não são cruciais: há programas que são predefinidos para serem executados no arranque do computador, podendo prejudicar a rapidez da máquina. No Gerenciador de Tarefas, selecione a guia Inicialização e desabilite quaisquer programas que você não queira que se iniciem por padrão.
6. Modifique as configurações de consumo: selecione o plano de energia "Alto desempenho", o que pode otimizar a performance da sua máquina. Navegue até Painel de controle > Hardware e som > Opções de energia para modificar o esquema de energia.
7. Modifique os efeitos gráficos: O Windows possui diversos efeitos visuais que podem comprometer a velocidade do seu computador. Ajuste essas preferências navegando em Painel de controle > Sistema e segurança > Sistema > Configurações avançadas do sistema > Definições de desempenho e marcando "Ajustar para melhor desempenho".
8. Elimine programas supérfluos: exclua quaisquer aplicativos que você não utiliza ou considera dispensáveis para liberar capacidade do sistema. Navegue até Painel de controle > Programas > Programas e recursos a fim de excluir o software.
9. Melhore os componentes do seu computador: Em face de um sistema mais obsoleto ou de configurações inferiores, pode ser vantajoso atualizar o hardware, incrementando a RAM, optando por um SSD em lugar de um disco rígido convencional ou renovando a placa de vídeo.
10. Efetue uma redefinição do sistema ou uma instalação do zero: Caso todas as outras soluções não resolvam, considere fazer uma redefinição total do sistema, retornando ao padrão de fábrica, ou uma instalação pura do Windows, que eliminará todos os dados e programas da máquina. Garanta que seus arquivos estejam devidamente salvaguardados antes de tomar essa ação.

sons incomuns de computador

Sons incomuns de computador

Caso um computador comece a emitir barulhos fora do comum, como zumbidos intensos do disco rígido ou falhas no ventilador, pode estar enfrentando falhas nos componentes, superaquecimento ou outras situações problemáticas. Como solução, é vital que os usuários efetuem análises de hardware, certifiquem-se de uma ventilação correta e estabeleçam práticas de manutenção antecipada para manter a performance do sistema.

1. Determine a fonte do barulho: Ao intuito de identificar o componente problemático, desmonte o gabinete do PC (se for uma torre) ou simplesmente use a audição para detectar a zona aproximada da origem do som. As causas habituais para sons estranhos em computadores englobam ventiladores, discos rígidos e leitores ópticos.
2. Inspeccione os ventiladores: A acumulação de poeira e resíduos nas lâminas pode causar desequilíbrio, resultando em barulhos indesejados. Higienize as pás utilizando uma escova de cerdas suaves ou utilizando ar sob pressão. Garanta que os ventiladores estão trabalhando como deveriam e que não estão sendo impedidos por algum obstáculo. Caso um ventilador esteja comprometido ou apresentando falhas, sua troca pode ser exigida.
3. Examine o HDD: Se perceber um barulho vindo do disco rígido, isso pode apontar para um defeito na mesma. Efetue imediatamente uma cópia de segurança de seus arquivos e pondere sobre a troca da unidade por uma recente. É possível também lançar mão de ferramentas de análise, como o CrystalDiskInfo, para averiguar a saúde do seu disco rígido.
4. Verifique a unidade de CD/DVD: Caso o barulho tenha origem neste componente, um disco comprometido ou empoeirado pode ser o motivo. Extraia o disco, limpe-o utilizando um tecido suave ou teste com outro disco para conferir se o barulho continua. Caso a questão continue, talvez seja preciso trocar a unidade óptica.
5. Certifique-se de que não há componentes mal fixados: Elementos ou parafusos soltos podem ser a origem de ruídos e movimentações indesejadas. Verifique se todos os parafusos estão devidamente ajustados e se componentes como placas expansoras e módulos de RAM estão bem conectados.
6. Explore outros componentes: Caso o ruído persista após analisar as causas habituais, avalie outros elementos de hardware, tais como a fonte de energia ou a placa de vídeo. Caso acredite que um componente esteja danificado, ponderar sua substituição pode ser uma boa ideia.
7. Diminuir vibrações: Caso o barulho provenha de oscilações no corpo do computador, considere aplicar anéis de borracha, almofadas ou até espumas para suavizar tais movimentos. Assegure-se de que o invólucro esteja corretamente fechado e assentado em um piso estável.
8. Fazer updates em drivers e firmware: Alguns ruídos inesperados podem estar ligados a questões de software. Assegure-se de que tanto os drivers quanto o firmware do dispositivo estejam em dia.

gráficos ou problemas de exibição

Gráficos ou problemas de exibição

Falhas na visualização, como distúrbios gráficos ou alterações de cores em um computador, podem ter raízes em problemas na placa gráfica, no driver ou diretamente no monitor. A fim de solucionar essas dificuldades, é aconselhável que os usuários façam a atualização dos drivers, analisem o hardware e ajustem as configurações de tela, visando alcançar uma qualidade visual superior.

Confira as conexões do monitor: assegure-se de que os cabos (HDMI, DisplayPort, VGA ou DVI) estejam bem encaixados tanto no PC quanto na tela. Considere trocar o cabo ou ligar a uma tela diferente para eliminar possíveis falhas relacionadas ao cabo ou ao monitor.
2. Mantenha os drivers gráficos atualizados: Problemas de visualização podem ser resultado de drivers obsoletos ou comprometidos. Acesse o site oficial do produtor da sua placa gráfica (seja NVIDIA, AMD ou Intel) e faça o download, seguido da instalação, dos drivers mais atualizados para seu dispositivo gráfico.
3. Refine as definições de visualização: usando o botão direito na superfície de trabalho, selecione "Configurações de exibição" ou "Resolução de tela". Garanta que o monitor esteja ajustado à resolução sugerida e à frequência de atualização apropriada. Caso perceba que o texto ou os ícones estão com tamanhos inadequados, pode ser útil testar variadas configurações de escala.
4. Ajuste as definições de vídeo: No painel de controle específico da sua GPU (Painel de controle NVIDIA, Configurações AMD Radeon ou Painel de controle gráfico Intel), faça modificações para equilibrar entre performance e qualidade de imagem.
5. Confira possíveis falhas de hardware: no caso de usar uma placa gráfica dedicada, assegure-se de que esteja adequadamente inserida no slot PCIe e que os cabos de energia estejam bem fixados. Se achar que o problema pode ser de hardware, experimente com uma GPU alternativa ou verifique o desempenho da sua placa em um PC diferente.
6. Faça uso da solução de problemas integrada ao Windows: dentro do aplicativo Configurações, vá a Atualização e segurança > Solução de problemas e selecione a opção "Hardware e dispositivos". Este procedimento pode auxiliar na detecção e correção de problemas associados ao hardware.
7. Volte aos drivers de vídeo anteriores: Caso a dificuldade tenha surgido depois de uma atualização de driver, considere retornar à versão anterior do mesmo. Inicie o Gerenciador de Dispositivos, faça um clique direito na sua placa gráfica listada em "Adaptadores de vídeo", opte por "Propriedades", direcione-se à seção "Driver" e pressione "Reverter driver".
8. Atualize os drivers gráficos: comece por removê-los pelo "Desinstalar um programa" do Painel de Controle ou utilizando o Desinstalador de Driver de Vídeo (DDU). Depois, instale as versões mais atualizadas dos drivers disponíveis no site do produtor da sua placa de vídeo.
9. Monitore o aquecimento: Temperaturas elevadas podem provocar falhas na visualização. Assegure-se de que a ventilação do seu computador esteja em ordem, limpe o acúmulo de poeira nos coolers e nos dissipadores, e observe as temperaturas usando aplicativos como o HWMonitor.

recuperação windows

Nota:

Tente reiniciar a máquina: em certos casos, apenas esse gesto pode ser o suficiente para corrigir a falha. Pressione e segure o botão de ligar para forçar o desligamento, aguarde alguns segundos e ligue o computador novamente.
2. Inicie a Recuperação do Sistema: Se as ações anteriores não foram efetivas, tente voltar o sistema a um ponto anterior à manifestação do BSOD.
3. Reinstalação do Windows: Se nenhuma outra solução funcionou, pense em reinstalar o Windows. Este passo deve ser sua última opção, já que eliminará todos os seus documentos e preferências. Antes de avançar com este passo, certifique-se de fazer uma cópia de segurança dos seus dados cruciais.
4. Peça orientação especializada: se o problema persistir, pode ser útil buscar o auxílio de um técnico capacitado ou se comunicar com o fabricante do dispositivo.

Graças à nossa ferramenta patenteada, a perda de dados no sistema Windows é coisa do passado

Em sistemas Windows comprometidos, o Recoverit assegura a recuperação de variados formatos e categorias de arquivos, como vídeos, fotos, textos, músicas,
e-mails e outros, tudo sob o princípio "sem recuperação, sem custo". Para uma recuperação mais acertada, pode-se visualizar os arquivos que foram encontrados.
Como uma solução robusta e confiável, o Recoverit possibilita a você reaver e restaurar dados de um computador Windows inoperante. Este eficaz software de recuperação para Windows dá-lhe a capacidade de formar um disco ou pendrive inicializável, permitindo entrar em um computador travado e restaurar dados vitais rapidamente.
√ Solucione falhas de inicialização, erros de tela azul/preta da morte e outros problemas relacionados.
√ Ajuste as configurações de boot no PC travado para um reinício eficaz.
√ Retorne vídeos desaparecidos, fotos, documentos, áudios, e-mails e outros.
√ Retorne mais de 1.000 categorias de arquivos de uma ampla lista de mais de 2.000 dispositivos de armazenamento.
* Faça o download sem custos para resgatar arquivos desaparecidos de um computador Windows com falhas.
patentes de recuperação de dados

Mais de 35 patentes para
recuperação de dados

especialista em recuperação do sistema windows

Especialistas em Recuperação
Desde 2003

patentes de recuperação de dados
suporte grátis

Suporte técnico
24x7

download seguro

Garantia
Completamente seguro contra vírus

Reaver todos os arquivos vitais em um sistema Windows comprometido

O Recoverit, como uma solução integral para recuperação de dados, tem a capacidade de trazer de volta mais de 1.000 formatos distintos, como vídeos, imagens, textos, compactados e registros sonoros. Dada sua proeminente performance na recuperação do Windows, o Recoverit compromete-se a resgatar de forma segura todos os seus arquivos de valor.
recuperar vídeos

Vídeo

MP4, MOV, AVI, FLV, M4V, WMV, MXF, AVI, MKV, MPEG, MPEG4, MPG, MTS, AVCHD, BRAW, R3D, etc

recuperar fotos

Foto

JPEG, JPG, PNG, PSD, RAW, RGB,3FR, ABM, AFX, ANI, ARW, BIZ, BLD, BLEND, BMP, CAD, etc.

recuperar áudio

Áudio

MP3, AAC, FLAC, OGG, WAV, WMA, AA3, AAC, AC3, ACC, AFC, AIF, AIFC, AIFF, AM, AMR, APE, etc.

recuperar documentos

Documento

DOC, DOCX, RTF, DOT, DOTX, DOTM, ODT, WordML, XLS, XLSX, XLTX, PPT, PPTX, PPSX, PDF, PDF/A, etc.

recuperar arquivos

Arquivo

7Z, ACE, ALZ, ARC, ARJ, BZ, BZIP, CAB, DBS, DEB, GZ, JAR, KRYPTER, LZA, LZH, MSI, PF, PKG, PUP, RAR, etc.

recuperar emails

Email

BKL, BKS, BMS, DBX, DCI, EDB, EML, EMLX, MAIL, MBX, MSG, NSF, OEB, PAB, PST, WAB, etc.

recuperação windows

Confie no Recoverit quando se trata de resgatar sistemas inoperantes, pois ele pode recuperar qualquer tipo de arquivo do seu computador com falhas. Verifique as especificações técnicas completas >>

Em três passos, como o Recoverit consegue recuperar o Windows que está com falhas?

Se você deseja restaurar dados de um computador que enfrenta a BSOD ou questões de boot, só necessita
de um PC em bom estado e um USB sem dados. O Recoverit, especializado em recuperação de dados, proporcionará
a criação ágil de um USB bootável para o computador travado e trará de volta todos os arquivos em três passos descomplicados.

Passo 1. Crie uma unidade flash USB inicializável

No PC que está operando corretamente, faça a instalação da ferramenta de recuperação Windows Recoverit. Ao abrir o Recoverit, direcione-se à opção de recuperação de sistemas travados e clique em "Iniciar". Observe e siga os passos exibidos para formar uma unidade USB bootável.

Passo 2. Inicialize seu computador travado usando o USB inicializável

Insira o pendrive inicializável no seu PC travado. Após reiniciar sua máquina, acione a tecla de acesso ao BIOS na tela inicial e defina-o para iniciar através do pendrive USB. Veja as instruções completas sobre como ajustar seu computador para dar boot a partir de um pendrive.

Passo 3. Recuperar arquivos críticos do computador travado

Ao dar boot no computador que apresenta erros, você tem a opção de usar "Cópia do Disco Rígido" ou "Recuperação de Dados" para ligar a um novo disco e mover os arquivos alvo da máquina comprometida. Depois de recuperados, você pode visualizar os arquivos, incluindo vídeos, imagens, documentos e gravações sonoras.

criar uma unidade flash usb inicializável
inicialize seu computador travado
recuperar arquivos do computador travado

Descubra as questões mais comuns que nossos usuários têm sobre a recuperação do sistema Windows

  • Baseado na versão do Windows empregada, os códigos de erros associados à Tela Azul da Morte podem ter variações e podem ser divididos em vários grupos, como:
    1. Tela azul Bccode 50
    2. ID de localidade 16393 Tela azul
    3. Parar 0x000000F4 Erro
    4. Tela azul 0x000000D1 Erro
    5. 1033 Erro Tela azul
    6. 0x0000007B Erro Tela azul
    7. Erro 0x0000000A Tela azul
    8. Código de tela azul 124
    9. Parar 0x0000003B Tela Azul
    10. Bccode 9F Tela Azul
    11. 0x0000001E Tela Azul
    12. Bad Pool Caller 0x00000C2 Tela Azul.
  • Escolha um pendrive com capacidade superior a 4 GB e encerre qualquer programa de segurança ativo. Antes de estabelecer uma unidade de mídia inicializável com o Recoverit, todos os dados presentes no disco selecionado serão removidos.
  • O Recoverit não se limita à recuperação de sistemas comprometidos; é uma solução total em termos de restauração de dados. O Recoverit, além de reaver dados de computadores comprometidos, possui a capacidade de recuperar uma vastidão de mais de 1.000 formatos de arquivos que foram removidos, de uma extensa lista de mais de 2.000 dispositivos de armazenamento, que inclui desde discos rígidos convencionais até servidores NAS e ambientes Linux.
recuperar dados de discos rígidos
Recupere arquivos perdidos
do Windows que está travando de forma eficiente.
Teste grátis